<$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, março 04, 2004

Sofrer... 

Tão egoísta a minha dor... ninguém a vê, sente... ninguém a recebe! Se passasses a muralha, se transpusesses a empáfia... descobririas um coração acanhado pela revolta, uma consciência desiludida pela inépcia e lembranças... tantas lembranças de coisas que não fiz!
As fendas que hoje esgaço nestas linhas, são um pequeno alívio... lágrimas que nunca chorei, carinhos que nunca retribuí, palavras que jamais soletrarei!
Nunca se deve esperar um indulto da vida... vejo mais um amigo fugir-lhe, escapar-me da vista que teima em agarrá-lo... é tarde, não posso fazer o que já deveria ter realizado! Dentro do meu peito cria-se um vácuo, é crivada uma cratera que não me deixa respirar... sempre que me lembro do que poderia ter sucedido e nunca mais vai acontecer!

terça-feira, março 02, 2004

Sexo Oral na Amora 

Dois auxiliares de acção educativa da escola secundária da Amora, um homem de 60 anos e uma senhora de 50, foram apanhados por alunos, que espreitaram pela fechadura, a praticar sexo oral dentro de uma sala de aula num dia de greve do pessoal não docente! Uma menina chegou a afirmar horrorizada: "Pareciam cenas do canal 18!"
Está mal... antes da educação sexual nas escolas é preciso ensinar comportamento social aos meninos e meninas de 13 anos que não hesitaram em espiar dois adultos.
Se pareciam cenas do canal 18, então estou mais descansado pois não era a primeira vez que as crianças viam aquilo!
Quem reserva o seu dia de greve para praticar sexo oral... só pode ser louvado, nunca criticado!
Para os dois malandros: Para a próxima ponham qualquer coisa a tapar a frincha e não se esqueçam de experimentar no gabinete do Director e nos balneários!

T-Rex 

Se, como dizem, Avelino Ferreira Torres é um dinossauro do poder autárquico... depois do que vi no final do jogo Marco - Santa Clara, só pode ser um Tiranossauro Rex!
AFT é um caso sério de aversão ao anonimato e tem uma necessidade extrema de ser protagonista à força toda!
Esgotado o filão que o elevou a herói ou ditador, não sei bem, no Marco de Canavezes... prepara-se para tomar de assalto Amarante! Espero sinceramente que os Amarantinos para além de um cabrito de chorar por mais, de uma lérias deliciosas e de uma cidade belíssima também disponham de inteligência para expulsar este invasor! Caso contrário ainda o veremos um dia, tentar a sua sorte em Baião, Castelo de Paiva, Lousada ou Penafiel!
Só há um ponto que me deixa satisfeito... AFT é da mesma cor partidária que o ministro da defesa, o Paulo das Peixeiras!
Ferreira Torres está para o PP como Alberto João Jardim está para o PSD... não os podem controlar nem os conseguem calar!
A sede de mediatismo é um pau de dois bicos...

segunda-feira, março 01, 2004

Povo destemido... 

Quantos povos se aventurariam nas encostas geladas da mais alta serra do país, munidos de garrafão, presunto, trenó e canalha da mais tenra idade mas sem... correntes para a neve?
Quem aceitaria brincar ao Carnaval, desfilando em biquini com chuva e temperaturas a rondar os 10ºC?
Que outra gente não se importaria de desperdiçar o dia de descanso, percorrendo filas intermináveis para chegar a um centro comercial, locomover-se aos encontrões só para ver as montras e esperar uma hora para comer uma refeição tradicional como um Big Mac?
Quem ultrapassaria pela direita com a mesma facilidade que coloca a mão na buzina?
Quem, por mais avisos que se façam, continuaria a levar os filhos sem cinto de segurança ou cadeira apropriada no seu veículo de corrida?
Quem se daria como irmã com a vizinha, achando que para além de uma vaca era uma porca que andava metida com todos e que fazia olhos ao marido?
Quem preferiria devorar alimentos estrangeiros, aniquilando os produtos nacionais?
Quem, sendo o país da comunidade com menor produtividade seria capaz de efectuar dezenas de greves por ano?
Quem, tendo um rendimento médio estupidamente inferior à média europeia, consumiria como gente grande, endividar-se-ia até ao tutano, teria um dos melhores parques automóveis da Europa e dos mais altos índices de habitação própria do mundo?
Ainda dizem que não temos tomates? Nós somos os maiores tomates do mundo!

Que gelo... 

Porto, Sexta-feira 27 de Fevereiro de 2004, 19 horas e trinta minutos...
Um frio glaciar, vento batido a lâminas... uma mãe cuidadosa, arranca a filha do infantário embrulhando-a num agradável cobertor... um velhinho, equipado a rigor, treme como gelatina enquanto bate a preciosa bengala no passeio... um homem de meia idade, de algum modo apresentável, sereno e dono de um intenso brilho no olhar, aproxima-se enquanto esfrega as mãos nas calças de ganga:
- Olá! - diz, vendo a minha apatia!
- Então? - Murmuro, um pouco confuso pela raridade de ser cumprimentado por um desconhecido!
- Está cá um frio! - O senhor não para de acariciar a face externa da perna direita!
- Pois está! - O frio congelara a minha capacidade de comunicação!
- Sabe... tenho esta perna toda pisada... que dores! - O homem fixa a minha roupa, com particular carinho pelo cachecol!
- O que é que aconteceu? - Pergunto, notando um certo desalinho nos cabelos e estranhas rugas na roupa baça!
O senhor não me responde... com o indicador aponta para o chão!
- Caiu? Como é que foi isso? - Pergunto, pensando finalmente dominar o diálogo.
- Não... - diz, erguendo a cabeça - Eu durmo na rua...
Um estalo ou um martelo não me fariam pior... o coração palpita assustado e o frio parece cem vezes mais horrível.
- De noite, ao virar-me... acordo fora do cartão e fico com a perna gelada! Ontem, roubaram-me o cobertor e venho ver se arranjo outro! - Diz, sem parar de levar as mãos à coxa...
Vou para casa, à minha espera... uma lareira acesa, um pijama acolhedor, um regaço carinhoso... e uma imagem que não me deixa aquecer: a de um homem no meio do frio... a dormir em cima de um cartão!

This page is powered by Blogger. Isn't yours? Weblog Commenting by HaloScan.com