<$BlogRSDUrl$>

sexta-feira, abril 02, 2004

O símbolo do Catolicismo 

A Al-Qaeda ameaça destruir Roma... ou como quem diz a verdadeira capital do mundo católico. Assusta-me mais um ataque aos Romanos do que a Paris, Londres, Madrid ou Nova York... humilhados pelo opróbrio praticado por "infames", poderá despertar um movimento extremista em hibernação nas últimas décadas: Os católicos radicais! Não... não estou a falar do Paulo Portas, nem me aludo às beatas ou aos escuteiros!
Refiro-me a toda uma estrutura religiosa que receosa em cair no ridículo, portadora de pejo em assumir o racismo, tem suportado em silêncio a convivência com outros credos e ideais.
Mais do que o 11 de Setembro... um atentado de elevadas proporções no Vaticano poderá elevar esta "cruzada" envergonhada para um nível aterrador!

quinta-feira, abril 01, 2004

Jumento brasileiro... 

Pelo menos um mérito tem que ser dado ao Scolari: Os portugueses estão com os pés bem assentes no chão... ao contrário de outras fases finais de Europeus e Mundiais de futebol, ninguém se atreve a sonhar com o título Europeu em 2004. A equipa das quinas é um barco desgovernado ao sabor da maré, onde o timoneiro exibe com orgulho uma das maiores virtudes dos burros: a teimosia!
O guarda-redes mais seguro, experiente e carismático do país é apartado por razões pessoais (o que dele se diria se sofresse um canto directo?), o mais completo central da Europa é desviado para o confortável banco dos substitutos, o médio mais incansável, raçudo e polivalente desta lusa terra é expulso por ser uma descoberta de um treinador inimigo que tem a ousadia de se encrespar para um campeão do mundo... o melhor clube português, aquele que mais contribui para o prestigio do futebol lusitano, o único que consegue ombrear e pelejar com os grandes da Europa é sucessivamente menosprezado por um sujeito que ainda tem a desfaçatez de tratar a cidade do Porto e todo o Norte de Portugal como se de um outro país se tratasse!
Já chega de arrogância, basta de insolência, põe-te no... carago!

quarta-feira, março 31, 2004

... 

Nada... durante uma vida não teve coisa nenhuma que pudesse reclamar como seu: Dona na casa dos outros, mãe dos seus sobrinhos, avó dos filhos deles, enfermeira do seu irmão... um carinho desmedido por todos nós!
Recordo com um laço apertado no peito, os quilos de beijos que me dedicava quando lhe concedia uma visita, murmurava o meu diminutivo numa bola de sabão e dava-me as bolachas que eu mais gostava. Nas despedidas acompanhava-me ao carro, teimava em trancar-me a porta e ficava colada ao vidro... pela janela de trás persistia em dizer-lhe adeus e ela acenava-me sempre... até que um outro Domingo surgisse.
Deus leva os que mais ama, o que me entristece é que aqui... ela não tenha sido mais amada!
Beijinhos Mela... muitos beijinhos, tranca a porta e adeus... até ao próximo Domingo!

terça-feira, março 30, 2004

Que mistério escondes donzela? 

Chove, sei que não vens mas mantenho a espera... o ciúme conquista o meu pensamento, quem partilhará o teu descanso? Olho para o caminho que percorres sem exaustão e pressinto a tua presença... mas só com o coração! Recordo os momentos que passeias na minha janela... mistura de humildade com altivez, esplêndida nada presunçosa, uma rainha sem trono, espelho sem vaidade, escrava sem revolta, pássaro sem asas, candeia que alumia sem luz e no entanto... amanheces com as trevas!
Desisto, vou dormir...

segunda-feira, março 29, 2004

Lucidez versus Cegueira 

Não vou ler o Ensaio sobre a Lucidez! Por três razões objectivas:
- Romances politizados dão-me sono!
- Teorias sobre a manipulação da opinião pública por parte do estado já deixaram de ser ensaios há muitos anos!
- Seria o mesmo que ler um livro do Fidel Castro chamado: Ensaio sobre a democracia!
O único livro de José Saramago que li e aconselho a ler é o Ensaio sobre a cegueira. É uma peça fantástica, de uma forma descritiva absolutamente genial que nos leva a experimentar sentimentos e sensações que só os invisuais detêm! Durante alguns momentos fiquei mesmo a pensar se o Saramago não seria cego... acho que disfarça bem!

Dias à Cunha 

- "Não é fora-de-jogo (golo do Sporting contra o Paços de Ferreira) porque o 'off-side' posicional deixou de existir!"
Das duas três... ou o presidente do Sporting tem um canal privilegiado com a FIFA que lhe permite aceder a informações confidenciais que só os árbitros conhecem ou... a esclerose/Parkinson do Cunha começa a ganhar contornos dramáticos ao entrar na fase terminal! Tenham piedade do homem!

This page is powered by Blogger. Isn't yours? Weblog Commenting by HaloScan.com